Jefferson, do Botafogo, garante: ‘Estamos mais que preparados’

Goleiro aprova postura do time alvinegro contra o Corumbaense (MS)

Faltam nove dias para o Botafogo voltar a entrar em campo pelo Campeonato Brasileiro. A primeira partida após a Copa do Mundo será contra o Flamengo, no dia 14 de julho. Mesmo tendo ainda algum tempo para treinar, o goleiro Jefferson diz que a equipe já está muito bem condicionada.

– Estamos mais que preparados. Vamos voltar para o Rio já pensando no duelo que vamos enfrentar contra o Flamengo, no dia 14 – disse o goleiro, em entrevista à “Rádio Tupi”.

A declaração do goleiro foi dada após a vitória do Botafogo sobre o Corumbaense (MS). Para Jefferson, a equipe encarou com seriedade o amistoso, mesmo contra um adversário pouco conhecido.

– Não tem jogo amistoso para a gente. Viemos honrar a camisa. Não viemos para cá fazer festa. Eles estavam chegando firme e isso é o que nos aguarda no Brasileiro.

Botafogo domina noite de prêmios do Carioca

Alvinegro teve quatro na seleção do Estadual, Flamengo teve três

O atacante Maicosuel, do Botafogo, foi eleito o craque do Campeonato Carioca

O atacante Maicosuel, do Botafogo, foi eleito o craque do Campeonato Carioca (Crédito: LANCEPRESS!)

LANCEPRESS!

A festa de premiação dos melhores do Campeonato Carioca, nesta segunda-feira, no Hotel Windsor, na Barra da Tijuca, pertenceu ao atacante Maicosuel, do Botafogo. Ele faturou o prêmio de craque do Carioca além de fazer parte da seleção da competição.

Curiosamente, o campeão Flamengo só teve três indicados, um a menos que o Botafogo, o vice. Com baixa adesão dos quatro
grandes clubes do Rio, pois o Vasco se encontra no Nordeste por causa da Copa do Brasil e o Flamengo se preparando para viajar para enfrentar o Fortaleza, também pela competição nacional, a festa reuniu poucas figuras do futebol.

Porém, uma delas, o técnico Cuca, do Flamengo, compareceu ainda demostrando o alívio pela conquista do Estadual. Para ele, a sequência da sua carreira ganhou um caminho menos espinhoso.

– As coisas vão continuar difíceis, porém tirei esse peso das costas. O Estadual também serve de parâmetro para acertarmos o time para o Brasileirão – concluiu Cuca, que explicou a emoção de ser escolhido o melhor técnico:

– Posso até não lembrar de outros títulos, mas essa conquista jamais vou esquecer.

Este ano, foram 14 prêmios no total: goleiro (Bruno, Flamengo), lateral-direito (Leonardo Moura, Flamengo), zagueiros (Juninho, Botafogo e Ronaldo Angelim, Flamengo), lateral-esquerdo (Ramon, Vasco), volantes (Leandro Guerreiro, Botafogo e Nilton, Vasco), meias (Carlos Alberto, Vasco e Maicosuel, Botafogo), atacantes (Bruno Meneghel, Resende e Victor Simões, Botafogo), técnico (Cuca), atleta revelação (Ramon, Vasco), além do melhor árbitro (Péricles Bassols).